terça-feira, 27 de março de 2012

Bacalhau Imperial é o melhor

O Bacalhau da Noruega é por si só sinônimo de qualidade. Salgado e seco de acordo com os métodos tradicionais.

Assim que o bacalhau é descarregado ainda fresco na fábrica de transformação é-lhe retirada a cabeça, através de um corte feito à faca ao longo da abertura das guelras, mantendo o lombo que termina junto à parte posterior da cabeça. Só com o peixe ainda fresco é possível realizar esta operação.

O principal ponto a se observar no momento de escolher um bacalhau é a sua classificação qualitativa, dada após o salgamento e secagem do peixe. São três categorias:

Imperial: Nesta categoria entram os peixes perfeitamente sangrados, limpos, salgados e prensados, apresentam assim melhor aparência.

Universal: Nesta categoria inserem-se os peixes que não possuem as características idéias de um Imperial, mas que conservam parte de sua qualidade, podem reunir as seguintes peculiaridades: pequenas rachaduras, incrustações de limo, pequenas manchas de sangue, etc. Tem ao seu favor o baixo custo em relação ao imperial e a melhor qualidade em relação ao popular

Popular: Entram aqui os peixes que não se adéquam aos requisitos do Universal as que podem ser consumidos sem problema algum. Seu sabor de bacalhau é inferior aos outros dois acima citados